Dourados volta ao lugar mais alto do pódio no basquete dos Escolares

DOURADOS NEWS


Dourados é pentacampeão no basquete masculino dos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul, na faixa etária de 12 a 14 anos, sendo o segundo título consecutivo do município, que sediou a etapa das modalidades coletivas. No feminino, Rio Brilhante ficou com a medalha dourada, após ter sido vice-campeão na última edição. As equipes estão classificadas para os Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s), que ocorrerão de 29 de outubro a 5 de novembro, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro (RJ).

A Escola Presbiteriana Erasmo Braga, representante douradense, teve de suar a camisa para subir no lugar mais alto do pódio novamente. Isso porque enfrentou, em clima de final, neste domingo (12), a tradicional Escola Municipal Jardim Ivone, de Ponta Porã, no último e decisivo confronto. Cada instituição havia ganhado duas partidas até a “decisão”.

 
Como é de se esperar de um Dourados x Ponta Porã, um dos clássicos do basquetebol escolar sul-mato-grossense, o duelo foi eletrizante do começo ao fim, disputado ponto a ponto. O empate, por vezes, predominou no placar, um “toma lá, dá cá” entre as equipes. A maior vantagem no marcador foi de 12 pontos. No final, vitória da Erasmo Braga por 71 a 66, renovando o título dos Jogos Escolares.

A técnica douradense Michele Del Pino não parou de dar instruções um minuto sequer à sua equipe e vibrou intensamente com o apito final. “É muita emoção e felicidade, um verdadeiro clássico, um jogo muito difícil. Sensação de dever cumprido, porque esses meninos treinaram muito para conseguir apresentar um bom trabalho e conseguimos colocar em prática tudo o que treinamos em apenas seis meses. Estou feliz em poder ser bicampeã seguida e poder ir para o Rio de Janeiro, que deve continuar lindo”, disse sorrindo, fazendo referência à música “Aquele Abraço”, de Gilberto Gil.

Mais experiente do plantel, Augusto Ricardo Cavali foi determinante para garantir o quinto troféu da escola de Dourados, sendo um dos cestinhas do time, além de atuar como mentor dos mais novos, por já ter participado de competições a nível nacional. “Sou o único que sobrou do time campeão em 2019, então é meu dever orientar os que estão chegando agora. É um time muito dedicado, que não falta nenhum treino e que foi premiado com mais um título”.