Voluntários tiram mais de 1 tonelada de lixo do Rio Dourados, entre máquina de lavar e pneus

FOLHA DE DOURADOS


No último sábado (13), mais de uma tonelada de resíduos foi retirada do Rio Dourados, em Fátima do Sul, em iniciativa da Colônia dos Pescadores Artesanais da cidade e contou com a ajuda da Polícia Militar Ambiental de Dourados, pescadores e voluntários da comunidade.

Os resíduos retirados do fundo do rio encheram um caminhão caçamba. Entre os objetos encontrados, tinha pneus, cadeiras, carcaças de máquina de lavar, mesas, tambores plásticos e de lata, entre muitos outros.

A ação entre os voluntários também busca levantar o alerta para a Piracema – momento em que a pesca é proibida e os peixes entram em reprodução. Ao todo, participaram da ação 34 embarcações e 94 pessoas, número superior a ação do ano passado (2020), quando foram 30 embarcações e 60 pessoas.

Todos os resíduos recolhidos foram levados para o aterro sanitário de Fátima do Sul. Durante a coleta dos resíduos, a equipe da PMA ainda cortou 12 anzóis de galho e duas redes de pesca que estavam armados ilegalmente no rio.

Está entre os objetivos do trabalho a promoção da educação ambiental e de chamar a atenção da população para a poluição dos rios. A PMA alerta, que o os resíduos lançados nos rios podem provocar as gerações futuras.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

“Foi retirada praticamente a mesma quantidade de resíduos das limpezas ocorridas em 2019 e 2020, infelizmente, porém, trabalhos deste tipo têm efeito de médio e longo prazo, ao influenciar as novas gerações, para a conservação ambiental, como forma de manutenção de qualidade de vida”, destacaram em nota.