Três são presos em loja de celular de fachada com droga avaliada em R$ 1 milhão

DOURADOS AGORA


A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira-DEFRON, apreendeu 11.100 kg de cocaína e 41.850 kg de pasta base de cocaína, e efetuou a prisão de três pessoas na tarde desta quinta-feira (2), no bairro parque Alvorada, em Dourados.

Investigações em curso apontavam que um casal proprietário de três lojas de venda de aparelhos celulares possuíam essas empresas com a finalidade de lavar dinheiro oriundo do tráfico de drogas.

Inclusive, o homem já havia sido preso em ação da polícia Federal traficando grande quantidade de cocaína.

Quanto à mulher, de nacionalidade argentina, a ela cabia estabelecer os contatos no Paraguai com os fornecedores de cloridrato de cocaína e pasta base de cocaína.

Assim, a DEFRON identificou que na tarde desta quinta-feira eles enviariam uma carga de cocaína e pasta base para outro Estado, em um caminhão frigorífico, e passou a monitorá-los.

Nesse sentido, os policiais identificaram quando a mulher adentrou em um carro dentro de uma casa, no Bairro Parque Alvorada, onde também funciona uma das lojas de venda de aparelhos celulares.

Na ocasião a mulher era acompanhada pelo indivíduo que trouxe a droga do Paraguai, que se encontrava em outro automóvel, tendo ele também adentrado na casa.

Diante dos indícios, policiais da DEFRON realizaram incursão ao imóvel, encontrando dentro de uma grande caixa de isopor, com adesivo de “restrito”, 11.100 kg de cocaína e 41.850 kg, droga avaliada em cerca de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).

No momento da abordagem o esposo da detida e o outro indivíduo empreenderam fuga pulando muros; todavia, foram presos após ser realizado cerco policial.

Dois automóveis utilizados na traficância também foram apreendidos.

Os presos foram autuados em flagrante pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, sendo representado.