Escola SESI e SENAI formam primeira turma do Novo Ensino Médio em MS


Há três anos, a Escola SESI (Serviço Social da Indústria) de Campo Grande e o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) davam início a uma experiência pioneira em Mato Grosso do Sul: a implementação do Novo Ensino Médio (NEM) - um modelo de aprendizagem que permite ao jovem optar por uma formação técnica e profissionalizante durante o ensino médio regular.

Os resultados dessa iniciativa começam a surgir: a primeira turma concluinte do NEM foi diplomada na Capital. SESI e SENAI largam na frente ao formar a primeira classe em Mato Grosso do Sul com base no novo modelo de ensino, em vigor no país desde 2017 por meio de lei federal.

 
A cerimônia de colação de grau foi realizada no auditório do SENAI Construção no último dia 15 de dezembro e contou com a presença de familiares, gestores e professores. Ao todo, nove estudantes receberam, além do tradicional certificado de conclusão do Ensino Médio, diplomas de técnicos de Redes de Computadores.

O diretor da Escola SESI Campo Grande, Murilo Augusto de Oliveira Junior, destacou que as instituições integrantes do Sistema FIEMS (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul) estão engajadas em promover educação de qualidade, tecnológica e inclusiva.

"Fomos pioneiros na implantação do Novo Ensino Médio em todo o Brasil, em especial em Mato Grosso do Sul. O Novo Ensino Médio coloca o aluno como protagonista, e a escola contribui no desenvolvimento do seu projeto de vida por meio da proposta curricular. O estudante é quem decide qual área de conhecimento deseja aprofundar".

O Novo Ensino Médio apresenta ao aluno uma nova organização do conteúdo, mais flexível e de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). As disciplinas tradicionais dão lugar a áreas do conhecimento: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, o que representa 60% da grade curricular.