4ª Brigada Guaicurus homenageia a família Carneiro

A cerimônia faz parte das comemorações do 73º aniversário da ‘Brigada Guaicurus’.

CONJUNTURA ONLINE


O Comando da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, de Dourados, promoveu na manhã desta terça-feira (22) uma honrosa cerimônia em homenagem a tradicional família Carneiro, destacada por importantes ações sociais e participação efetiva na vida política de Mato Grosso do Sul. 

Durante a cerimônia alusiva as comemorações do 73º aniversário da ‘Brigada Guaicurus’, o Exército Brasileiro prestou homenagem ao saudoso casal Wilson Benedito Carneiro e Maria Florézia Pessoa Carneiro, responsável pela doação da área onde funciona a corporação.

A honraria benemérita se reporta aos grandes feitos da família tradicional que sempre foi envolvida com as grandes causas sociais não só em Dourados, mas em todo o Estado, sobretudo, em agradecimento a um grande gesto que foi a doação da área que visou estabelecer as forças de segurança na região de fronteira.

Presente ao ato solene, um dos irmãos de Wilson Carneiro, o ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislava, Walter Benedito Carneiro, foi saudado pelo comando do Exército Brasileiro, juntamente com a sua esposa Elizete Vieira Carneiro.

Político de grande notoriedade pública, Walter Carneiro foi deputado Constituinte e autor de grandes obras, responsável, por exemplo, pela emancipação de vários municípios e pela emenda que criou a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), com sede em Dourados.

 

CERIMÔNIA

Em 1966, Wilson Benedito Carneiro e Maria Florézia doaram 33 hectares de terra para instalação de um quartel em Dourados, uma área pertencente à família, onde em 1982 foi instalado o Comando da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada.

Como parte da cerimônia, o Comando do Exército denominou ‘Wilson Carneiro’ a viatura blindada de "Combate Carro de Combate M-41C".

Além de autoridades militares e civis, a cerimônia foi acompanhada por familiares do casal falecido, como os filhos Wilson, Marcelo e Márcia, o irmão Walter Benedito Carneiro e a esposa, Elizete Vieira Carneiro, e as irmãs Adenil, Azenil e Adail Carneiro, e o sobrinho Walter Carneiro Júnior, advogado e diretor-presidente da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul). 

A tradição do Exército Brasileiro de batizar com denominações às viaturas militares originou-se durante a 2ª Guerra Mundial, nos campos de batalha da Itália. Os combatentes da Força Expedicionária Brasileira, escreviam os nomes na parte externa  das viaturas e blindados para homenagear seus locais de origem  ou pessoas queridas.

Anteriormente, o Exército homenageou Wilson Carneiro com a concessão, em 1982, da condecoração da Medalha do Pacificador, conferida a militares e civis que tenham prestado relevantes serviços aos Exércitos.

A gratidão do Comando da 4ª Brigada a Wilson Carneiro pela doação da área está gravado em uma placa de bronze afixada em local de destaque no Pavilhão de Comando, próximo ao busto do general Osório.

Na placa, datada com o dia do seu falecimento, consta o reconhecimento como “Colaborador Emérito do Exército”, concedido em 1981. Em Dourados, também é homenageado com a denominação do CEIM Wilson Benedito Carneiro, situado no Jardim Santa Brígida.