Homem mata e decapita jovem por ciúmes e conta com ajuda de ex-mulher para ocultar corpo

DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


A mulher confessou ter ajudado a jogar a cabeça da vítima em um córrego - Crédito: Divulgação PCMS

Um casal de indígenas foi preso neste domingo (14/4) por homicídio e ocultação de cadáver na Aldeia Amambai, município de Amambai. O caso veio à tona após a descoberta de um cadáver decapitado próximo a um córrego na noite de sábado (13).

A vítima foi identificada como José Areve Martins, de 28 anos. Segundo informações da polícia, os responsáveis pelo crime são um rapaz de 19 anos e uma mulher de 27 anos. O casal foi preso em flagrante após investigações que apontaram a participação no homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

De acordo com relatos, a mulher era casada com o rapaz de 19 anos, mas após a separação passou a se relacionar com a vítima. Movido por ciúmes, o ex-marido teria atacado José com golpes de machado, resultando na morte por decapitação. A mulher confessou ter ajudado a jogar a cabeça da vítima em um córrego.

O autor do crime admitiu ter matado José com golpes de machado no pescoço após um desentendimento, alegando sentir-se ameaçado. Após o crime, ele e a mulher se desfizeram do corpo, sendo que parte dele foi localizada pelas equipes da Polícia Civil, Científica e Corpo de Bombeiros Militar. As buscas continuam para localizar a cabeça e os membros superiores da vítima.